Kaefer vence a primeira e se isola na liderança

Edson do Valle fecha a lista de vencedores da rodada dupla realizada em Goiânia, que contou com 27 carros no grid

O terceiro passo do Campeonato Brasileiro de Turismo 1600 aconteceu no último fim de semana em Goiânia. O autódromo local celebrou 43 anos de vida tendo a mais nova categoria do Brasil como destaque e ela não decepcionou: foram duas corridas empolgantes que tiveram de tudo.

Quem saiu feliz foi Daniel Kaefer. O cascavelense chegou em Goiânia na liderança do campeonato mas precisava vencer a primeira corrida. Para isso, dominou todos os treinos e marcou a pole position. Na primeira prova, em um belo duelo com Gabriel Corrêa, Kaefer suportou a pressão e finalmente recebeu a bandeira quadriculada na frente. “Estou numa boa fase nas corridas e que continue assim, com mais vitórias e pódios! Estou muito feliz com isso. O ano é 2017, meu número é 17 e tudo está conspirando! Estou contente em dar continuidade nos pontos e na constância para o campeonato. Sempre pontuando o que é importante para o título. Fico feliz por Goiânia e pela vantagem que abri. Agora a ideia é seguir focado para o restante do campeonato“.

Daniel Kaefer vive excelente fase na carreira, e é líder isolado na categoria A

Já na segunda corrida foi o veterano Edson do Valle a conquistar o primeiro posto. Valle foi segundo na pista, mas uma irregularidade técnica tirou o primeiro lugar de Thiago Azalini. “A gente teve problemas elétricos desde o início do fim de semana. Na primeira prova não foi diferente, o carro apagava direto e a gente não descobria. Mas nada aconteceu na segunda e conseguimos achar o problema. Deu tudo certo, com muitas disputas limpas no meu caso. Agradeço demais minha equipe e a Deus. O campeonato está a cada dia melhor e já é um sucesso. Estou feliz em estar participando e vencendo, mas lamento pelo Azalini, que também é um grande batalhador. Não é legal vencer dessa forma mas paciência“, comentou Do Valle.

Edson do Valle foi protagonista de grandes pegas nas duas provas do fim de semana, e não teve vida nada fácil

Com a vitória na prova 1 e o segundo lugar na corrida 2, Kaefer disparou na ponta da tabela com 12 pontos, 33 a mais que Cesinha Bonilha – que foi terceiro na prova 1 e abandonou na 2.

Goiânia teve a rodada mais disputada na opinião de muitos, dentre as três realizadas até agora do certame

Já na divisão B, as vitórias ficaram com a dupla Alexandre Seda/Francisco Júnior na primeira e Edson Bueno na segunda. Desta forma, Bueno também disparou na ponta da classe com 110 pontos contra 83 de Odair dos Santos, terceiro e sexto nas corridas respectivamente. Nesta classe em questão, destaque também para o segundo lugar de Nicolas Salmini na segunda disputa.

Confira a íntegra das provas:

Corrida 1: https://youtu.be/eRhHhA25EgQ
Corrida 2: https://youtu.be/rgRnRZRYX6c
Confira os resultados do fim de semana:

Prova 1

Categoria A
1. Daniel Kaefer
2. Gabriel Corrêa/Leandro Zandoná
3. Cesinha Bonilha
4. Thiago Klein
5. Pablo Alves

Categoria B
1. Alexandre Seda/Francisco Júnior
2. Edson Bueno
3. Odair dos Santos
4. Nicolas Salmini
5. Larissa Cruzeiro/Rogério Cruzeiro

Prova 2

Categoria A
1. Edson do Valle
2. Daniel Kaefer
3. Leandro Reis
4. Pablo Alves
5. Thiago Klein

Categoria B
1. Edson Bueno
2. Nicolas Salmini
3. Alexandre Seda/Francisco Júnior
4. Larissa Cruzeiro/Rogério Cruzeiro
5. André Jacob
Classificação do campeonato após três etapas:

Categoria A
1. Daniel Kaefer, 122 pontos
2. Cesinha Bonilha, 79
3. Caús Jr., 60
4. Thiago Klein, 41
5. Wanderson Freitas/Leandro Freitas, 40

Categoria B
1. Edson Bueno, 110
2. Odair dos Santos, 83
3. Alexandre Seda/Francisco Júnior, 58
4. Guilherme Sirtoli/Leônidas Fagundes, 57
5. Paulo Bento/Caíto Carvalho, 45

Equipes
1. Ford, 166 pontos
2. Volkswagen, 127
3. GM, 116
4. Fiat, 14

 

Sobre o Brasileiro de Turismo 1600
Após mais de 20 anos longe das pistas, o Brasileiro de Turismo foi ressuscitado por iniciativa da CBA e tem toda sua organização feita pela Scuderia JK Empreendimentos Automobilísticos, com o objetivo de retomar os tempos de glória dos anos 80 e 90, quando contou com pilotos do quilate de Ingo Hoffmann, Paulo Gomes, Toninho da Matta, Andreas Mattheis, Amadeu Rodrigues e Fabio Sotto Mayor, entre muitos outros.
O regulamento permite a presença de carros fabricados no Mercosul a partir de 1995 das fabricantes Chevrolet, Volkswagen, Ford, Fiat, Renault, Peugeot e Citroen adaptados para competição e que respeitem as características estéticas e mecânicas dos veículos, cujos motores precisam ter até 1.6L de capacidade cúbica. Com transmissões pela internet, o campeonato é dividido em três categorias (A, B e Master) e consiste de rodadas duplas com duração de 30 minutos mais uma volta.

– Visite a página oficial do CBT 1600: www.brasileirodeturismo1600.com
– Curta a página oficial de CBT 1600 no Facebook clicando aqui
– Siga o perfil do CBT 1600 no Instagram clicando aqui

 

CONTATO:

ABS SPORTS
Bruno Vicaria/Anselmo Branco
(11) 98196-3069/(44) 99819-0484

2017-08-01T12:43:15+00:00